Resenha do Livro: A Hospedeira


Olá Leitores, tudo bem?

Aqui estou eu com mais uma resenha para você, desta vez escrita por Stephanie Mayer a mesma autora da Saga Crepúsculo. Apesar de ser uma bela obra , a leitura é meio difícil, porém vale muito a pena ler.  Então vamos lá?



Sinopse:

Nota:  (Cinco estrelinhas)

Autora: Stephanie Mayer

Editora:  Intríseca


 
Nosso planeta foi dominado por um inimigo que não pode ser detectado. Os humanos se tornaram hospedeiros dos invasores: suas mentes são extraídas, enquanto seus corpos permanecem intactos e prosseguem suas vidas aparentemente sem alteração. A maior parte da humanidade sucumbiu a tal processo. Quando Melanie, um dos humanos "selvagens" que ainda restam, é capturada, ela tem certeza de que será seu fim. Peregrina, a "alma" invasora designada para o corpo de Melanie, foi alertada sobre os desafios de viver dentro de um ser humano: as emoções irresistíveis, o excesso de sensações, a persistência das lembranças e das memórias vívidas. Mas há uma dificuldade que Peregrina não esperava: a antiga ocupante de seu corpo se recusa a desistir da posse de sua mente. Peregrina investiga os pensamentos de Melanie com o objetivo de descobrir o paradeiro dos remanescentes da resistência humana. Entretanto, Melanie ocupa a mente de sua invasora com visões do homem que ama: Jared, que continua a viver escondido. Incapaz de se separar dos desejos de seu corpo, Peregrina começa a se sentir intensamente atraída por alguém a quem foi submetida por uma espécie de exposição forçada. Quando os acontecimentos fazem de Melanie e Peregrina improváveis aliadas, elas partem em uma busca incerta e perigosa do homem que ambas amam.


Resenha:

 Peregrina - ou Peg- é uma alma, seu povo invadiu o planeta Terra com a missão de utilizar os seres humanos como hospedeiros, um mundo com tantas guerras, onde o ódio é implacável e quase não existe amor. As almas são criaturas que não aceitam um mundo ruim, eles são puros e a população humana é muito má. Peg é colocada em um corpo, como ela é uma das almas que mais viveu em mundos diferentes - com a Terra, são 10 mundos vividos - e consegue viver dentro de qualquer corpo, colocam ela em uma mulher adulta, Melanie. Mas, algo inexplicado acontece, Peregrina teria todo o controle sobre aquele corpo, infelizmente Mel é uma humana muito forte, e as duas acabam dividindo o mesmo corpo - eu sei que é estranho, mas é mais ou menos assim: Melanie tem o controle de sua mente e as vezes consegue até falar por conta própria, já Peg tem o controle de sua mente também mas, também controla os movimentos do corpo. - As duas vivem em constante brigas, Mel consegue esconder muitas informações de Peg, após um sonho Peg descobre onde o irmão de Melanie e o namorado dela, Jared, se escondiam e ela envia um e-mail a sua

 "chefe". Melanie fica irritada com aquilo, e entra em desespero, ela não quer que seu pequeno irmão Jamie seja encontrado, e não suporta a ideia de uma alma invadindo o corpo de seu amado Jared.   Após uma determinada situação, elas decidem ir em busca dos dois, Mel tem as coordenadas do local onde eles possam estar, e as duas seguem a missão, nunca falando nada para a "chefe" malvada. 

 O livro é extraordinário, a leitura é complicada nas primeiras páginas, mas após alguns capítulos - a partir do quarto eu acho - a leitura muda completamente, passamos a entender quem esta narrando a estória e saber quando Mel ou Peg estão falando - no caso de Mel, pensando. O livro se torna magnífico, uma ficção científica de primeira.

A autora parece outra pessoa - talvez uma alma esteja no controle do corpo da Meyer! - sua forma de escrever mudou muito após Crepúsculo, ela amadureceu, inventou uma estória de qualidade e original!
Peregrina é uma alma encantadora, Melanie é uma humana muito forte e muito querida - após aceitar que seu corpo esta nas mãos de outra criatura claro. - Jamie - irmão de Mel - é um rapaz fofo, achei muito bonito da parte dele, acreditar e dar apoio a Peg!, Jared é muito irritante no início de seu aparecimento, conforme o livro vai acabando ele acaba mudando e vira um amor. Agora Ian - um humano que se apaixona por Peg- é incrível, foi muito lindo da parte dele, de se apaixonar pela alma Peg, e não pela linda beleza que era de Mel! Os outros personagens são todos muito bem construídos também, a autora teve muita inspiração!
Eu não dava nada pelo livro, comprei porque estava barato - confesso - mas assim que passei alguns capítulos, fiquei envolvida com a estória, eu conseguira pensar no sufoco que Melanie passava sem poder controlar nada, apenas assisto e ouvindo as coisas, e na pobre Peg, descobrindo tudo desse mundo. 
Com toda certeza o livro é um dos meus favoritos, ainda mais por conter um romance fofo, que gira em torno de três corpos - literalmente visto que, Melanie e Peregrina é apenas um corpo - o romance não é como Crepúsculo, que ocorre rápido e sem tantos motivos, vai acontecendo lentamente, uma amizade se transforma em um lindo amor, e um amor que vem de muito tempo também.
Não posso dizer que quem gostou de crepúsculo vai amar esse livro, porque esta tudo MUITO diferente, mas algo que posso afirmar com toda certeza é: vocês, independente de ter gostado dos outros livros da autora ou odiado - irão se apaixonar por A Hospedeira.
 
E o Livro já tem filme, você pode assistir ele online clicando aqui.
 
Bom gente, esta é a minha resenha para vocês, espero que vocês tenham gostado, e se interessado pelo livro que eu super recomendo.
Beijos , até a próxima. 
             
                                                                                                                                        


 Viih, ;3

4 comentários:

  1. Eu também amei esse livro, o filme foi uma decepção total! Ficou muito romântico e tiraram as cenas boas. :|
    http://srflan.blogspot.com.br/2013/09/resenha-o-sobrinho-do-mago.html

    ResponderExcluir
  2. Eu não sou fã da Stephenie Meyer, o que me faz ter um pé atras com A Hospedeira, mas quero ler.

    http://daprateleira.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É um livro muito interessante, eu super indico! (:

      Beijos!

      Excluir